Olá atletas que vestem Roxo, tudo certinho?

Hoje vamos falar sobre dois dos maiores estereótipos cabulosos que gostam de pregar seu estilo de vida a todos, os Crossfitters e os Veganos.

Typical-vegan-diet-lacks-key-nutrients-supplements-can-help-Study_strict_xxl

Da para ser Vegetariano e fazer Crossfit?

Acredito que todos saibam o que é ser um “Vegano”. Caso você estivesse preso numa ilha e só agora voltou a ter internet e não sabe o que é isso,  Vegano é aquela pessoa que não come carne e não come nenhum derivado de animais sejam eles leite, queijos e ovos( se você for “raiz” mesmo, nem mel você vai comer).

Existem vários motivos para você aderir a esse “movimento alimentar”, seja religioso, ético,  ecológico, não gosta do sabor da carne(louco?) ou simplesmente por achar que será mais saudável desta forma.

É muito comum achar que uma dieta vegetariana não combina com esportes e com alto rendimento, mas na verdade não é bem assim.

Os “Veganos” podem sim ser musculosos.

main-qimg-a7a74b87cf03b5eff2a05346df199e9d

Os “Veganos” podem sim ser atléticos.

download (19)

Os “Veganos” podem sim ser Crossfitters.

download (20)

Porém para um adepto das plantas, o caminho talvez seja um pouco mais complexo.

O vegetariano tem que tomar cuidado com algumas coisas, como por exemplo:

  • Não pode faltar variedade na Proteína

É razoavelmente fácil alcançar o nível de proteína saudável para uma pessoa que não come animais e seus derivados (ao contrário do que muitos pensam), porém em cada uma dessas “plantas” quase sempre falta um aminoácido essencial na composição de suas proteínas, então o segredo para um vegetariano é variar em cada refeição sua fonte de proteína, Lentilha, grão de bico, brócolis e etc. É como se para uma pessoa que faz uma alimentação mais tradicional tivesse que no almoço comer um pouco de carne, frango, peixes e ovos para ter um balanço completo de proteínas.

  • Ficar de olho na Vit. B-12

Ela é fundamental para o nosso organismo, inclusive para a síntese proteica. E tem em grandes quantidades em proteínas de origem animal. Logo suplementar a Vit. B12 talvez seja a melhor opção.

  • Ferro!

De fato, da para alcançar um bom nível de ferro pelos legumes e verduras se bem distribuídos e numa quantidade razoável, mas como é um mineral tão importante para saúde e para a performance, suplementá-lo também será uma boa opção.

  • Não exagerar nas frutas.

Reza a lenda que quando você começa a entrar neste estilo de vida, as primeiras semanas ou até meses, você fica meio “necessitado” de comer besteiras e doces, logo, as frutas acabam sendo o cano de escape. O açúcar vai subir, por causa da frutose e você não vai ter aquela redução de percentual de gordura que espera e muito menos a saúde que almeja, então cuidado com as frutas!

  • Homens, cuidado com a soja.

Existem estudos que relacionam o baixo nível de testosterona com a alta ingestão de soja, não é um consenso científico muito forte ainda, mas todo cuidado é pouco.

  • Cálcio.

Pela retirada dos derivados de leite, seus níveis de Cálcio podem cair drasticamente se tudo não for feito com muito cuidado. Então também não podemos esquecê-lo.

  • Comer besteiras em excesso.

Não é por que “salgadinhos” não são derivados de animais que você pode comê-los não é mesmo? A máxima pela qualidade dos alimentos tem que ser mantida. Coma comida de verdade e não industrializados.

 

Então Coach é possível ser saudável e atlético sendo um Vegano? Fazer Crossfit?

vegan-and-plant-based-elite-athletes-are-changing-the-sports-world

Sim, com certeza! Porém você vai ter que tomar alguns cuidados específicos assim como outras pessoas que tem certas especificidades, mas nada que seja de outro mundo não.

Inclusive existem cientistas extremamente renomados no mundo que defendem que o ser humano NUNCA vai alcançar um mundo sustentável se continuar comendo carne, simplesmente.

Existem donos de Boxes e atletas de Crossfit no Brasil que são Veganos, dou-lhes o exemplo de uma das sócias da JK Crossfit, a Katia Teixeira.

“Vegetariana desde 2011, ela conheceu o crossfit um ano depois. Formada em educação física, trabalhava com reabilitação cardíaca e condicionamento físico para grupos especiais antes de abrir o seu próprio box de crossfit. “Eu amo os animais e me sentia hipócrita em ter os meus de estimação e comer outros ao mesmo tempo”, conta Katia, explicando o motivo que a levou a adotar o veganismo.”

Essa postagem, de fato, é estilo “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço” por que deixar o Bacon e a Picanha, para mim? J-A-M-A-I-S! Hahahahaha

O Crossfit se adapta a todos os estilos de vida saudável e com o Vegetarianismo não é diferente.

Vamos respeitar as diferenças, vamos respeitar até os Veganos. Kkkkkkk #Brincadeira

O que importa é viver em cima do que acredita e ser coerente consigo mesmo.

Obs: Essa postagem foi uma sugestão do nosso amigo e atleta Christiano Paiva.

Um abraço a todos e bons treinos!

Facebook Comments